domingo, 9 de outubro de 2011

Bela moça

Bela moça de infindos atributos
Que meus versos se empenham em narrar.
Linda e doce como uma rosa,
Radiante e misteriosa como a noite,
Sensível como uma gota de orvalho ao tocar uma flor;

Ela... A moça que jamais esqueceria se fosse apenas um sonho...

Traços delicados que em cautela eu tento em palavras desenhar,
Voz suave que se faz o som do vento ao céu,
Meiga e dona de tudo o que deseja;

Arrebatando com seu sorriso essa minha poesia...

Poesia que eu dedico
No contraste do meu carinho,
Que a cada dia se torna único;

Ainda que eu aprenda em cada momento como cuidar de uma amizade tão valiosa em meu caminho...

Schuan,07 de Outubro de 2011

Um comentário:

  1. Linda não???rs
    minha amiga!!!muiiito ge-te boaaaaaaaaaa!!!

    ResponderExcluir

Expresse sua opnião! Ela é muito importante...