terça-feira, 16 de novembro de 2010

A porteira de sonhos

Por trás da porteira
Há um menino com sonhos;
Limitados ao desconhecido...

Dependente do tempo e das escolhas.
Perdido e ansioso;
Como seu coração inocente...

Domado e condicionado;
Como seus olhinhos à estrada...

Schuan,11 de novembro de 2010

Um comentário:

  1. estava na estrada rumo a sampa quando me inspirei nesse poema...

    ResponderExcluir

Expresse sua opnião! Ela é muito importante...